Acerca de mim

A minha fotografia
Mafra, Portugal
- Praticante credenciada (nível III) de Reconexão e Cura Reconectiva - formação com o Dr. Eric Pearl; - Mestre de Reiki Usui Shiki Ryoho; - Mestre de Karuna Ki; - Formação em Mesa Radiónica. - Formadora Certificada; - Formação em Primeiros Socorros - Associada: APR-000757-PT do Monte Kurama, Associação Portuguesa de Reiki - link facebook:http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100000019322995

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

- Existem diferentes tipos ou sistemas de Reiki, afinal, por qual deles devo optar?


Sim, é verdade, que existem, atualmente, muitos sistemas diferentes de Reiki, o que, para quem pretende iniciar-se no Reiki é, penso, suscetível de gerar uma certa “confusão”.


Com uma enorme projeção e divulgação por todo o Mundo, veem surgindo inúmeros sistemas de Reiki, entre os quais, por mera curiosidade, enumerarei apenas alguns: Reiki Usui Shiki Ryoho, Reiki Usui tibetano, Reiki Essencial, Reiki Estelar, Reiki Jinkiden, Gendai Reiki Gakkai, Reiki Xamânico, Reiki Plus, Reiki Crístico, Osho Reiki, Karuna Reiki, Reiki Tera-Mai, Seichim Reiki, Reiki Plus, Keon-Ki Reiki Egípcio, Reiki Unitário, entre muitos, muitos outros.


Em boa verdade, todos os tipos de Reiki usam a mesma energia para tratamentos e baseiam-se no Sistema Usui de Cura Natural e como tal, todos serão eficientes e contribuem para a cura da humanidade.


A diferença entre eles não está nos princípios, mas antes no acréscimo de símbolos, nas formas diferentes de sintonização e divisão de níveis, ou no uso conjunto de outras ferramentas, como entoamento de mantras, prática de rituais ou meditação. 


É importante, contudo, que quando optar por fazer a sua iniciação em Reiki, esclareça com o seu Mestre, qual o sistema de Reiki em que vai iniciar-se. Até porque, sucede, por vezes, que não é possível, por um qualquer motivo, completar a formação em Reiki (caso seja essa a sua opção) com o mesmo Mestre que o iniciou.

Ademais, essa menção ao tipo de sistema de Reiki, há-de ser sempre efetuada, documentalmente, no certificado que lhe for entregue no final do curso.

Pessoalmente, lembro-me que quando conclui o meu 1.º nível de Reiki e senti aquele inefável apelo para ler mais e mais, constatei surpreendentemente, que aprendera as técnicas da imposição das mãos de uma forma diferente daquela que outros autores expunham e ensinavam nos seus livros de Reiki. Tal acontece, porque, de facto, existem muitos sistemas de Reiki, que transmitem diferentes técnicas.

A energia REIKI vital e universal é comum a todos os sistemas de reiki, pelo que, não há sistemas de Reiki melhores ou piores, existe sim Reiki, um maravilhoso sistema energético de cura natural.

Não se preocupe, pois, com o tipo de sistema de Reiki em que vai ser iniciado.
Simplesmente, porque Reiki, é Reiki! Nada mais.

Como soe dizer-se, “quando o aluno está pronto, o Mestre aparece”…

E, se tomar a opção de se iniciar no Reiki, vai ver que o Universo vai ajudá-lo a escolher, para si, o Mestre e o sistema de Reiki adequado.

Ademais, não esqueça, nessa escolha, que é titular de uma poderosa intuição...também ela o transportará ao lugar certo na hora certa. 

Só por hoje, não se preocupe…(princípio do Reiki) 

O Reiki é a "Arte secreta para convidar à felicidade, a medicina espiritual para todas as doenças do corpo e da mente” Mikao Usui"

Sintam-se, afetuosamente, abraçados.


Maria João Vitorino
2 de janeiro de 2012

Seguidores